[Performance Como propor um cartão postal, por Rafael Amorim - Exposição 'Como nos movemos, como queremos nos mover?'] Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

Fundo: Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa

Título: [Performance Como propor um cartão postal, por Rafael Amorim - Exposição 'Como nos movemos, como queremos nos mover?']

Data e Local: 06/02/2020, Rio de Janeiro, Brasil

Espécie Documental: Fotografia

Condições de Acesso: Não Restrito

Crédito: Fotos: Gabi Carrera

Cromia: COR

Formato: pdf

Apoio / Realização: Patrocínio: Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei do ISS, Multiterminais e Furnas. Apoio Cultural: BMA. Realização: Escola de Artes Visuais do Parque Lage

Curador: Coordenação: Camilla Rocha Campos, Fernanda Lopes, Fernando Cocchiarale, Keyna Eleison Curador de Ensino e Programas Públicos: Ulisses Carrilho

Descrição de Conteúdo: O artista Rafael Amorim, presente na exposição “como nos movemos, como queremos nos mover?”, convoca o público a levar seu almoço em marmitas. Pautada em elaborar outras visualidades de corpos sobre determinadas geografias, a ação é um convite a se pensar a relação de partilha que pode haver entre o programa de formação gratuito de uma escola de artes e um dos pontos turísticos mais visitados no Rio de Janeiro, com Rafael Amorim (artista).

Participantes: Rafael Amorim

Biografia: Como nos movemos, como queremos nos mover? é uma exposição coletiva proposta pela turma de 25 bolsistas do Programa de Formação Gratuito – Exercício Experimental da Liberdade e pensada como desdobramento das provocações e diálogos não só com os quatro professores presentes no programa (Camilla Rocha Campos, Fernanda Lopes, Fernando Cocchiarale e Keyna Eleison), mas pelas negociações com a própria Escola de Artes Visuais do Parque Lage e seus espaços. Fora pensada sobretudo a partir da heterogeneidade de um grupo de estudantes em suas muitas narrativas desenvolvidas ao longo de uma caminhada conjunta durante o ano de 2019. Em Como nos movemos, como queremos nos mover? a questão da mobilidade se impõe, tanto por sua implicação prática e social, relacionada à como de fato se chega e se permanece numa escola de artes, quanto por seus desdobramentos poéticos e suas possíveis espessuras como parte da formação de cada pesquisa iniciada ou desenvolvida em aula. Trata-se de uma exposição questionamento, contendo um ponto de interrogação necessário em seu enunciado. Os trabalhos que ocupam a Galeria 1 e a Capela do Parque Lage buscam apoio uns nos outros para propor uma rede de relação entre estruturas móveis, que não deixam seus deslocamentos simbólicos estratificarem por completo pois se mostram sempre abertas à dúvida e atentas aos espaços que as rodeiam.

Documento: Original

Procedência / Forma de Aquisição: Legado

Setor / Local: Exposição

Número de Registro: BREAVSEC-0030

Audiovisual / Iconográfico: Iconográfico

Analógico / Digital: Digital

Gestão: Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa

Série: Exposição

Subsérie: EAV

URI: http://acervo.memorialage.com.br/xmlui/handle/123456789/14648

Fotografia
Modos de visualização:
Navegação:
Ir à página: