[Fotografias da performance 'Ação III – A Imperatriz por Natalia Amoreira', do projeto Um berro e um sussurro, na biblioteca] Fabio Szwarcwald.

Fundo: Fabio Szwarcwald

Título: [Fotografias da performance 'Ação III – A Imperatriz por Natalia Amoreira', do projeto Um berro e um sussurro, na biblioteca]

Data e Local: 08/05/2019, Rio de janeiro, Brasil.

Espécie Documental: Fotografia

Condições de Acesso: Não Restrito

Cromia: COR

Formato: Pdf

Apoio / Realização: Ameav.

Curador: Curadora: Tanja Baudoin.

Descrição de Conteúdo: Ação III – A Imperatriz é um jogo de tarô coletivo, em que cada carta das 22 disponíveis dispara um acontecimento para o momento exato da performance e/ou desdobrável num futuro próximo (uma música, um poema, um telegrama, um presente). O espaço da biblioteca será convertido em uma atmosfera oracular compartilhada, dominada pelo universo da água e sua simbologia – o sonho, o inconsciente, o incontrolável, o lírico, o fragmentado guiado pelo arquétipo feminino matriarcal (com seus infinitos possíveis nomes: Nossa Senhora, Iemanjá, Janaína, Inaê, Inana, Ísis, Ishtar, Anat, Astarté, Afrodite, Deméter, Gaia, Pachamama, entre outras e mais diversas formas e manifestações). Após a performance, no mesmo ambiente, será realizado um brinde para partilha das experiências e o relançamento do livro Dilúvio Mudo – Uma Arcana Jornada (Editora Urutau, 2016).

Outras Inscrições: Fotografias: Rubia Luiza e Tanja Baudoin.

Participantes: Natalia Amoreira é artista do corpo, da voz e da palavra. Possui formação em museologia pela Escola Técnica de Artes de São Paulo e em atuação cênica pela SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco. É soprano integrante do Coro Luther King dirigido pelo maestro Martinho Lutero. Dilúvio Mudo – Uma Arcana Jornada é seu livro de estreia, lançado pela Editora Urutau em 2016. É graduanda em Teatro pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, onde desenvolve o projeto “Vinte e Duas Ações Sobre o Dilúvio” programa de performance do qual a Ação III – A Imperatriz faz parte.

Biografia: A biblioteca da EAV Parque Lage convida artistas e alunos a proporem performances ou trabalhos performativos (palestras-performáticas, dança, musica, teatro, críticas, narrativas, poemas, instalações com curto duração, etc) para dentro ou ao redor da biblioteca, durante o próximo semestre (março-julho 2019). ‘Um berro, um sussurro’ designa um registro de volumes, um som ou uma emoção que aumenta ou diminui, um desejo de se comunicar e se conectar com os outros dentro e ao redor do espaço da biblioteca que é tradicionalmente focado no estudo privado em silêncio. ‘Um berro, um sussurro’ também se refere a diferentes modos de expressar, ouvir e agir que podemos exercitar no momento atual em que vivemos. A chamada aberta: Esse ano a biblioteca é uma plataforma experimental para apresentações que serão agendadas para acontecer duas vezes por mês em um dia e horário fixo. As propostas podem envolver o espaço da biblioteca e seu entorno. Sinta-se à vontade para visitar para ver o espaço e os conteúdos da biblioteca. Observe que há certas limitações relacionadas ao funcionamento da biblioteca e da escola, e o prédio que é patrimônio histórico.

Documento: Original

Procedência / Forma de Aquisição: Legado

Setor / Local: Ensino

Número de Registro: BREAVFS-0191

Analógico / Digital: Digital

Suporte: Eletrônico

Gestão: Fabio Szwarcwald

Série: Ensino

Subsérie: Biblioteca | Centro de Documentação e Pesquisa

URI: http://acervo.memorialage.com.br/xmlui/handle/123456789/14473

Fotografia
Modos de visualização:
Navegação:
Ir à página: